solitary witch,praticante da magia natural,geminiana,24 anos.

sexta-feira, setembro 23, 2011

A História de Ostara


A História de Ostara 

 Gostaria de compartilhar com todos este conto escrito pela bruxa Serenity Starbright Dilsworth ,escreveu para sua neta em 1996,Ele é escrito para crianças pequenas para que possam entender melhor por que temos coelhos, ovos e lírios durante Ostara. 


Muito, muito tempo atrás, antes de você nascer ... e antes que sua mãe nascesse ... e mesmo antes de sua mãe, a mãe de sua  mãe nascer ... o mundo era uma terra congelada ... neve e gelo estava em todo lugar e a  Primavera estava atrasada. Ela estava muito chegando muito tarde ainda sentia -se a  respiração fria do Inverno,O homem  varria as terras para mantê-la  coberta de gelo e neve. 

Pouco Juliet foi caminhando através da neve em busca de galhos caídos para levar para casa a sua mãe e seu  pai para usar como lenha na lareira. O vento frio fez seu nariz e bochechas ficarem em vermelho brilhante, e ela estremeceu dentro de seu manto. 

"Brrrrrrr!" ela disse em voz alta. "É tão frio!" Sua respiração era visível no ar enquanto ela falava , ela puxou seu manto de lã mais firmemente sobre ela. Juliet caminhou lentamente pela floresta à procura de pequenas pontas dos galhos pequenos ,piscava atravéz da neve .com minusculas pegadas seguindo a seu progresso.

Juliet se abaixou para pegar um pequeno ramo de debaixo de uma grande árvore de carvalho velho e começou a colocá-lo junto a  seu corpo, sussurrando um agradecimento à árvore para fornecer os ramos que ela precisava quando de repente viu um pássaro pequeno, quase congelado parcialmente enterrado em a neve. 

"Oh! Oh!" ela chorou enquanto ela deicava cair o pacote. Ela gentilmente pegou o pássaro e segurou-o dentro de sua capa para aquecê-lo. Ela mal podia sentir  o coração batia  pouco e ela chorou quando percebeu suas asas e pés estavam quase congelados ,

"Oh minha senhora  Eostar  ! Por que você abandonou todos nós!? Venha e veja o que você tem feito por esta ave certamente vai morrer porque você está tão distante?." Juliet clamou em alta voz para o céu de inverno. 

Lady Eostar, a Deusa da Primavera, ouviu o grito de Julieta e ela correu rapidamente pelos céus para encontrar a pequena Julieta. Ela olhou para baixo de uma nuvem  e para a floresta e viu  Julieta lá em baixo entre as árvores. O vento estava muito forte e até mesmo de tão longe, a Deusa podia ver que ela estava segurando algo com força no peito e chorando alto. 

Rapidamente a Deusa vestiu sua melhor roupa vermelha e como Lady Eostar, a Deusa da Primavera desceu dos céus para a Pequena Julieta, o céu começou a ficar azul e quando chegou a terra, a neve eo gelo começou a derreter ea grama começou a crescer. O sol estava brilhando em breve e onde Lady Eostar, a Deusa da Primavera, colocou os pés , alto lírios brancos surgiram e abriram suas trombetas . 

Então a Deusa se aproximou de julieta e  ela disse bem baixinho: "Por favor não chore pequena julieta , Eu sinto muito ter chegado tarde . Eu realmente não queria ter feito uma coisa dessas." 

Então julieta fez uma pequena reverência  (para ela era um sinal de respeito e educação) e então ela começou a chorar.

"Oh minha senhora ... você está muito atrasada!" ela chorou quando ela abriu seu manto e ficou diante do corpo do passarinho congelado. O pobre passarinho já tinha morrido. " 

Lady Eostar, a Deusa da Primavera sentiu muito, e ficou muito triste. 

"Não chore, pequena julieta eu prometo que nunca vai ser tão tarde novamente. Deixe-me ver o que podemos fazer para fconcertar as coisas, mais uma vez. 

Lady Eostar, a Deusa da Primavera, tocou o pobre passarinho e as asas , caiu em seu corpo congelado  um cobertor de pele branca e suave espalhou sobre ele. Julieta  ficou um pouco espantada  pois   o passarinho ficou com   orelhas muito longas e fortes pernas traseiras e uma cauda longa e porem um  pouco confuso. Logo ele começou a se contorcer nas mãos de Julieta. 

Sorriso de Julieta refletia com o  sol em sua alegria, e um coelho branco pulou para perto do chão, e ele  deixou um ovo de cor pastel em suas mãos. Lady Eostar, riu alegremente e disse Julieta ... "Esta é  a minha promessa a você para nunca ser tão tarde outra vez para sempre que o coelho vir lhe  visitar e lhe  deixar um ovo colorido, você deve saber que a Primavera está ao virar da esquina e que em breve vou estar lá." 

A Deusa bela deu um beijo em julieta e acenou adeus enquanto caminhava de volta para o céu azul brilhante e desapareceu atrás de uma pequena nuvem branca. 

E essa é a verdadeira razão pela qual temos coelhos e ovos coloridos na Páscoa. 



Desejo a todos uma feliz Ostara!Blessed be!

Nenhum comentário: